Dos fundos de pensão ao triplex

O aparelhamento petista dos fundos de pensão se intensificou durante as privatizações dos governos Itamar e FHC, mas começou em 1991, no governo Collor. Foi quando Luiz Gushiken, Ricardo Berzoini e Sérgio Rosa apresentaram ao PT o potencial financeiro das aposentadorias daqueles 500 mil trabalhadores.

O Globo relembra que, no ano seguinte, “a cúpula político-sindical do PT elegeu bancários para diretorias da Previ e da Funcef, derrotando a velha guarda da Confederação dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito”. Meses depois, Berzoini, Rosa e João Vaccari Neto entrariam no ramo imobiliário – com apoio dos fundos –, dando vida à Bancoop.

A mesma Bancoop acusada de desviar dinheiro para campanhas do PT, que deu calote em mais de dois mil bancários e deveria ter concluído as obras do prédio o triplex que Lula vem renegando.

Faça o primeiro comentário