Dossiê: Flávio Werneck irá a Curitiba

Sobre a história do dossiê contra a Lava Jato que o policial federal Flávio Werneck teria ajudado a montar, O Antagonista apurou que:

a) Flávio Werneck irá a Curitiba amanhã, para negar diretamente aos delegados envolvidos na operação que tenha confeccionado qualquer dossiê contra a Lava Jato;

b) Se possível, ele também quer por tudo em pratos limpos com os procuradores da força-tarefa. Estão tentando conciliar as agendas.

c) No final do ano passado, Flávio Werneck participou de uma reunião com Jaques Wagner. No entanto, segundo ele, foi apenas para falar sobre as necessidades dos agentes federais. Na reunião, Flávio Werneck diz ter despejado críticas à cúpula da PF, sim, mas nada a ver com a condução da Lava Jato. Ele é contra que a PF seja dividida entre o alto clero dos delegados e o baixo clero dos agentes, como ambicionam muitos delegados apoiados pelo governo;

d) Entre ontem e hoje, procuradores da Lava Jato foram informados por procuradores de Brasília de como Flávio Werneck ajudou a neutralizar várias ações do governo contra a operação.

O Antagonista espera que todos se entendam e não percam o foco. O foco é a quadrilha que está destruindo o Brasil.

Faça o primeiro comentário