ACESSE

Dossiê sobre 'antifascistas' será entregue com termo de confidencialidade

Telegram

O senador Nelsinho Trad vai entregar na próxima terça-feira (18) o dossiê do Ministério da Justiça sobre servidores “antifascistas” aos demais membros da Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência (CCAI).

A entrega só será feita, contudo, aos parlamentares que assinarem um termo de confidencialidade, comprometendo-se a não divulgar o dossiê.

Trad, como mostramos, é um dos integrantes da missão humanitária que será enviada nesta manhã ao Líbano. A volta está prevista para sábado (15).

André Mendonça enviou ontem ao Congresso o dossiê sobre 579 servidores classificados como “antifascistas”. A entrega ocorreu após o ministro da Justiça admitir na sexta (7), pela primeira, a existência do relatório.
Em nota, o Ministério da Justiça disse que solicitou à Polícia Federal que investigue qualquer vazamento do dossiê.
“Foi solicitada à Polícia Federal a instauração de inquérito policial para adoção das medidas de polícia judiciária cabíveis para a apuração de vazamentos de informações e conteúdos de documentos relacionados à atividade de inteligência.”

Os parlamentares que vão vazar devem estar tremendo de medo, assim como Eduardo Bolsonaro, que já entregou uma cópia do relatório aos americanos.

Leia mais: Exclusivo: a imprensa livre na mira

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 20 comentários