Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Dr. Jairinho deve ter processo de cassação aberto por unanimidade em conselho

O Conselho de Ética da Câmara do Rio deve abrir por unanimidade um processo de cassação contra o vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho, preso há duas semanas sob suspeita de ter torturado e matado seu enteado Henry Borel, de 4 anos.

Segundo a Folha, a comissão recebeu uma cópia do inquérito do caso, que é sigiloso, na terça (20) e começou a analisá-lo na quarta (21). Os sete vereadores do grupo se reunirão nesta segunda (26) para anunciar se o procedimento será ou não instaurado.

“O que a gente entende, que eu pude analisar até agora, é que existe muita base, muita prova realmente contra o vereador Jairinho. A tendência é que haja uma representação do Conselho de Ética de forma unânime contra o vereador”, disse em nota o presidente do conselho, Alexandre Isquierdo, do DEM.

Outro integrante do grupo, o psolista Chico Alencar, afirmou que, “confirmadas as fortíssimas suspeitas”, a atitude de Jairinho é “totalmente incompatível com o decoro parlamentar e com o exercício de qualquer função pública”.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO