Duas perguntas para a Lava Jato

Os defensores de Eduardo Cunha, como mostramos no post anterior, confirmaram à Época o relato de Sérgio Machado de que o PT repassou 40 milhões de reais da JBS ao PMDB para comprar o apoio do partido em 2014.

Eduardo Cunha e Sérgio Machado têm a mesma advogada: Fernanda Tórtima.

Pergunta 1: Eles combinaram seus relatos?

O operador de Eduardo Cunha, Lúcio Funaro, trabalhava para Joesley Batista, dono da JBS.

Pergunta 2: Quem mandava em quem?