Dupla do 'golden shower' vai ao STF para que Bolsonaro apague tuítes

Dupla do golden shower vai ao STF para que Bolsonaro apague tuítes
Foto: Gil Ferreira / STF

Os advogados dos dois sujeitos que aparecem no vídeo do “golden shower” divulgado por Jair Bolsonaro no Twitter logo após o Carnaval entraram com mandado de segurança no STF, informa a BBC Brasil.

Eles exigem que o presidente apague as publicações em sua conta na rede social. Alegam que Bolsonaro extrapolou suas funções como chefe de Estado ao expor as pessoas que aparecem no vídeo, colocando-as em risco.

Marco Aurélio Mello foi sorteado como relator do caso. Até hoje, a Justiça brasileira nunca determinou a nenhum presidente que apagasse postagens em redes sociais.

 

A velha-guarda do Congresso mostrou os dentes: o governo escapa dessa mordida? AQUI
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO