“Duvido que vocês tenham paciência de lê-la”

Antônio Cláudio Mariz, ao comentar a defesa de Michel Temer apresentada há pouco à Câmara, provocou:

“Duvido que vocês tenham paciência de lê-la. São 98 folhas”

O advogado afirmou que escreveu de uma forma que os deputados que não têm conhecimento jurídico possam entender.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 1 comentários
  1. A defesa feita pelo advogado do TEMER, Antônio Cláudio Mariz, está toda ela baseada, na teoria do grande Jurista Alemão, de renome internacional, o conceituado, “MEENRROLA QUEEUGOSTO”, cuja tese Jurídica, baseada na “TEORIA DA INFLUÊNCIA DAS BARBATANAS DOS CAMARÕES NAS CORRENTES MARÍTIMAS” levo-o ao merecido PRÊMIO NOBEL DA PAZ, na categoria, efetivação de Justiça aos mais abastados. Isto posto, chegamos há uma simples e definitiva conclusão; Ninguém está acima da LEI, ela é para todos; Em suas aplicabilidades, tem demonstrado, sem sombra de dúvidas, o equilíbrio entre o LÍCITO E O ILÍCITO!!