E a segurança pública, Alckmin?

Telegram

Jair Bolsonaro cresce nas pesquisas porque, entre outros fatores, prioriza a segurança pública.

Se é para competir com o deputado em 2018 neste quesito, convém a Geraldo Alckmin melhorar os índices de São Paulo.

Crimes contra o patrimônio fizeram uma vítima a cada 30 segundos no estado nos primeiros seis meses deste ano, segundo a Folha.

“Entram nessa conta furtos, roubos e latrocínios (roubos com morte). De carro a celular, incluindo roubos a banco e roubos de carga. Todos os crimes, enfim, que envolvem algum bem de valor.

Em números absolutos, foram 512.459 registros. A elevação em relação ao primeiro semestre do ano passado é pequena (0,3%), mas é a décima vez que se registra alta no estado desde 2002, numa comparação entre os seis primeiros meses de cada ano.

O patamar desses crimes patrimoniais apresentou um salto de quase 70 mil registros em 15 anos no Estado, sob o comando do PSDB desde 1995 e atualmente sob a gestão de Geraldo Alckmin.”

Comentários

  • Isaias -

    Artigo muito pertinente para a sociedade que luta pelos seus direitos na área da segurança, sendo esta uma legítima atribuição do estado em suas políticas públicas a href="http://www.revistaseguranca.com.br" rel="nofollow"Revista Segurança/a

  • David -

    Como no diz o colega abaixo isso é sim: PAÍS DE FILHOS DA PUTA! 4 horas atrás POLÍTICA DE FILHOS DA PUTA! QUEREMOS FEIJÃO COM ARROZ! QUEREMOS BOLSONARO! Vamos votar em Bolsonaro, o melhor sinal que ele nos dá é que todos, todos os políticos tem aversão ao Bolsonaro, isso é muito bom!

  • miguel -

    leo 1 hora atrás falou tudo

Ler 27 comentários