E aí?

De José Medeiros, um dos senadores da linha de frente na comissão especial do impeachment:

“E aí, dá para acreditar que (Dilma) não sabia de Pasadena, dos decretos, das pedaladas e do caixa 2 (leia-se: propina)?”.

Dilma Rousseff, a gerentona honesta.