ACESSE

"É assim que funciona o Brasil", diz Barros sobre distribuição de cargos

Telegram

O novo líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), disse que “é absolutamente justo” que os partidos que apoiam o governo tenham cargos no Executivo.

“A nossa Constituição tem o presidencialismo de coalizão e é absolutamente justo que os partidos que vão dar governabilidade, que vão permitir o governo aprovar matérias que ele prometeu na campanha, tenham elementos de seu partido no governo, fazendo o programa de cada partido, é assim que funciona o Brasil”, afirmou, em entrevista à rádio Eldorado.

Ele disse que vai atuar para aprovar a reforma administrativa, prometida para o ano que vem, que deve dificultar a estabilidade e a progressão automática na carreira de novos servidores.

“Claro que há sim uma grande resistência da corporação de servidores públicos que abduziu o Orçamento da União. Mas vamos enfrentar essa corporação, vamos enfrentar as dificuldades que aparecerem para que os brasileiros, em especial os contribuintes e aqueles que precisam do auxilio do Estado, sejam prioridade, e não a corporação dos servidores que levaram a grande vantagem nas discussões orçamentárias.”

Leia mais: Censura a Crusoé: seu direito de acesso a informações de interesse público está limitado. MAS VOCÊ PODE REAGIR AGORA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 96 comentários