"É claro que ela tem que se explicar"

Sobre o encontro entre Raquel Dodge e Michel Temer no Palácio do Jaburu, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima também disse:

“É claro que ela tem que se explicar, ela deu uma explicação, ela que deve, então, ser cobrada das consequências desse ato.”

E mais:

“Infelizmente, não há como fugir da responsabilização das pessoas perante a sociedade.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO