ACESSE

"É da pauta da Ilana"

Telegram

O secretário-geral da Mesa Diretora do Senado, Luiz Fernando Bandeira de Mello Filho, entrou em contato com O Antagonista para esclarecer por que não consta em sua ata da reunião de duas semanas atrás a sugestão de Jaques Wagner para que os carros oficiais dos senadores não tenham mais a identificação atual.

“Essa história é da pauta administrativa, não legislativa. É da pauta da Ilana. A minha ata está devidamente publicada, com todos os assuntos da área legislativa”, disse ele.

Divulgamos a ata de Bandeira mais cedo: você pode conferir clicando aqui. A ata da pauta administrativa, de responsabilidade da diretora-geral do Senado, Ilana Trombka, ainda não foi disponibilizada pelo Senado — nossa reportagem solicitou o documento no meio da tarde.

Como mostramos aqui, Jaques Wagner — endossado por outros senadores — alega questões de segurança para defender que não seja mais possível identificar a qual senador pertence o veículo.

Atualização: Após a publicação desta nota, a diretora-geral do Senado, Ilana Trombka, enviou à nossa reportagem a ata da pauta administrativa, que fora publicada em 21 de fevereiro em boletim administrativo do Senado — veja aqui.

COMO ELE VIROU O VICE QUE BOLSONARO QUER. Saiba mais

Comentários

  • Gilberto -

    Estão assumindo a postura de criminosos, que precisam se esconder do povo. Quem não deve, não teme, diz o velho deitado. KKKk

  • Antonio -

    Esse cidadão não é O protegido de Renan Calheiros? Que foi indicado ao CNMP?

  • CLAUDIO -

    Esse daí é outro da lavra de Renan Calheiros. 🤮

Ler 32 comentários