E depois reclamam…

A disposição de Jovair Arantes em judicializar a disputa pela Câmara é mais um exemplo de como os políticos adoram criticar a interferência do STF nos outros poderes, mas adoram muito mais quando a corte interfere a seu favor.

Faça o primeiro comentário