"É inaceitável que tudo seja estancado por atos tresloucados do presidente"

“É inaceitável que tudo seja estancado por atos tresloucados do presidente”
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O PT tenta, claro, capitalizar cada gesto de Jair Bolsonaro.

O senador Humberto Costa e um grupo de parlamentares da oposição levaram ao TCU um pedido para que o tribunal de contas se manifeste sobre a disposição do presidente de desistir da compra da vacina chinesa.

“É inaceitável que, em um quadro de mais de 155 mil mortes como o que já chegamos, tudo seja estancado por atos tresloucados do presidente da República. Acionamos o TCU para que ele se manifeste sobre essa medida que atenta contra os princípios que devem nortear as despesas públicas.”

Assim como o líder de seu partido no Senado, Humberto quer, ainda, que Eduardo Pazuello seja convocado a explicar o episódio.

“Não é cabível que, em um dia, o ministro da Saúde anuncie a aquisição de 46 milhões de doses de vacina e, no outro, pelo Twitter, Bolsonaro cancele uma medida dessa magnitude. É dever do Congresso fiscalizar o que houve.”

Leia mais: O Centrão quer dominar sua cidade. Entenda como
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 49 comentários
TOPO