E lá se vão dois anos da “lista de Janot”

A Procuradoria Geral da República apresentou hoje um balanço dos últimos 24 meses da Lava Jato que corre em Brasília, ou seja, o braço que investiga pessoas com foro privilegiado.

O balanço teve como gancho o aniversário da “lista de Janot”, que completará dois anos na segunda-feira.

Foi em 6 de março de 2015 que Rodrigo Janot pediu a abertura de 28 inquéritos no Supremo Tribunal Federal, com 55 suspeitos de envolvimento na Operação Lava Jato.

Nesses 24 meses:

  • A PGR apresentou 20 denúncias com 59 acusados;
  • Das 20 denúncias, cinco foram acolhidas pelo STF e seis inquéritos foram arquivados;
  • Seis operações foram realizadas: três em 2015; duas em 2016; e uma em 2017;
  • 49 acordos de colaboração premiada foram homologados pelo STF.