E a mufunfa de verdade?

O CNJ avisa que vai automatizar o controle dos salários dos juízes.

Perfeito.

E como vão ser controladas as palestras que enchem os bolsos de ministros dos tribunais superiores, não raro em claro conflito de interesses?

15 comentários

  1. Gimar Mendes é o exempl. vivo de como ser togado é o must, pois trabalha mais particularmente , do que pra o Brasil, e ainda evolue o aptrimonoio de seus negócios através de doações de estatais, então só tem que faturar alto.

  2. “E como vão ser controladas as palestras que enchem os bolsos de ministros dos tribunais superiores, não raro em claro conflito de interesses?”
    E MENOS RARO AINDA EM CONFLITO COM O HORÁRIO DE TRABALHO DOS MINISTROS NO TRIBUNAL!
    Mas, “as palestras não são pagas com dinheiro público, a lei permite fazê-las”.
    Sim, a lei permite fazê-las. Desconte-se então dos ministros as faltas ou horas não trabalhadas. Ou melhor, que deixem os cargos, para que possam fazer palestras livremente!

  3. Uééé!!! Mas já não é assim???
    Eu não acredito!!! Desse modo poderemos chegar à conclusão de que reina a mais absoluta balbúrdia no poder Judiciário e o oráculo, que age e fala em nome do poder, decerto não deixaria isso ocorrer, tomando alguma providência de sua autoria.

  4. O HACKER disse: 6 de setembro de 2017 às 13:01
    Irrigado por Itaipu
    Brasil 24.08.17 12:59
     
    Itaipu deu 900 mil reais para o IDP, de Gilmar Mendes.
    Diz a Piaui:
    “Desde 2016, todos os eventos jurídicos que Itaipu patrocinou receberam 4,9 milhões de reais. O IDP ficou com 13,6% do total, perdendo apenas para a Associação de Juízes Federais, campeã de patrocínios recebidos.
    Em maio, o jornal Folha de S. Paulo publicou que os patrocínios federais à empresa de Mendes somavam, no total, 2,64 milhões de reais desde 2009 – o que dá ideia do volume do dinheiro que irriga o IDP desde Itaipu”.

  5. As “palestras” é o que se sabe.
    E a VENDA DE SENTENÇAS???
    E os empregos e nomeações absurdas dos “PIMPOLHOS”, muitas vezes passando a frente de magistrados com décadas de experiência???

  6. N consigo ver correlação com palestra e conflito de interesse. A maioria dos ministros são acadêmicos, natural fazerem palestras. Esse post do Antagonista ajuda a dar força aos mortadelas q choram das palestras de Deltan.

    1. Luiz Jr, nesse caso, realmente, há conflito. Porém, a maioria das palestras são e, faculdades e associações de magistrados, eventos de direito, congressos, etc.

  7. Essa raça deveria viajar e palestrar menos e trabalhar muiiito mais.
    Este tribunal está de processos até o teto e as excelências a voarem por aí.
    Depois ficam indignados quando se cobra celeridade nos processos.
    Vá entender…

  8. Não pode falar assim. Carminha quer que logo se esclareça tudinho que os Esleys insinuaram, por causa da honorabilidade dos Tribunal e dos urubus. Não é por receberem daqueles que devem julgar que não são honrados. As viagens patrocinadas também não configuram nada de errado. O procurador Miller, sim, não tem ética.

  9. E vai controlar as palestras dos meritíssimos também? as aulas magnas? as viagens ao exterior? as… deixa pra lá… ja estou com a bunda doendo de tanto tomar no cu…

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.