E o pedido de desculpas?

Abilio Diniz, no Estadão, defendeu a volta da CPMF.

Depois de bancar Lula e Dilma Rousseff por treze anos, ele deveria pedir desculpas aos brasileiros, e não o aumento dos impostos.

Faça o primeiro comentário