"É o tempo todo tentando me vincular em esquemas de corrupção", diz Bolsonaro

“É o tempo todo tentando me vincular em esquemas de corrupção”, diz Bolsonaro
Foto: Reprodução/redes sociais

Jair Bolsonaro afirmou há pouco, em live, que o caso de Chico Rodrigues, flagrado com dinheiro entre as nádegas, “não tem nada a ver” com o governo.

O senador era vice-líder do governo no Senado e foi destituído do cargo hoje, a pedido.

“Alguns querem dizer que o caso de Roraima tem a ver com o governo porque ele é o meu vice-líder. Olha, pessoal. Eu tenho, no total, 18 vice-líderes no Congresso. Quinze na Câmara, que foram indicados pelos líderes partidários, e três no Senado, que é de comum acordo.”

Segundo Bolsonaro, Rodrigues tinha “prestígio e carinho de quase todos”.

“Eu nunca vi ninguém falar nada contra ele. Aconteceu esse caso? Lamento. Hoje ele foi afastado da vice-liderança. Mas querer vincular o fato de ele ser vice-líder à [existência de] corrupção do governo, não tem nada a ver.”

E acrescentou:

“É o tempo todo tentando me vincular em esquemas de corrupção. Pode haver corrupção no meu governo? Pode, e nós vamos tomar providência. Nesse caso, não tem nada a ver com o meu governo. O meu governo são os ministros, estatais e bancos oficiais.”

Leia mais: Dinheiro nas nádegas: e se você não soubesse disso?
Mais notícias
TOPO