E o vencedor é…

Metade dos moradores do Rio de Janeiro despeja esgoto diretamente na Baía de Guanabara.

Apesar disso, diz O Globo, Luiz Fernando Pezão “quer usar os recursos do Fundo Ambiental para socorrer as aposentadorias da previdência fluminense, que tem um déficit previsto para este ano de 12 bilhões de reais”.

No Brasil, as fezes sempre acabam vencendo.