‘É preciso estancar a sangria’

Com o título “Assustado com Lava Jato, PIB cobra ação do Congresso”, a Folha tenta mais uma vez legitimar o discurso de que as investigações capitaneadas por Sérgio Moro são responsáveis por uma “quebradeira generalizada” no país.

Como disse Moro ao Estadão, “o problema não está na cura, mas, sim, na doença”.

Por trás do discurso, forma-se um lobby poderosíssimo para conseguir, por exemplo, que acordos de leniência tenham “repercussão penal”, como defende o petista Vicente Cândido. Ou que a delação premiada só possa ser negociada com o réu solto, como quer André Moura, líder do governo.

Faça o primeiro comentário