Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"É sadismo", diz Huck, sobre liberação de máscaras

Apresentador criticou no Twitter declaração de Jair Bolsonaro sobre autorizar que pessoas já infectadas pelo novo coronavírus possam transitar sem máscara
“É sadismo”, diz Huck, sobre liberação de máscaras
Foto: World Economic Forum/Ciaran McCrickard

 

Luciano Huck disse há pouco no Twitter que “autorizar a liberação do uso obrigatório de máscaras em locais públicos é sadismo”. “O negacionismo engolindo a ciência. Só podemos discutir esse assunto quando mais de 70% da população estiver vacinada.”

Jair Bolsonaro disse ontem que Marcelo Queiroga assinaria um parecer desobrigando quem já foi infectado por Covid, ou vacinado, de usar máscara.

“Acabei de conversar com um tal de Queiroga, não sei se vocês sabem quem é. Nosso ministro da Saúde. E ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que estejam vacinados ou que já foram contaminados”, disse o presidente, em cerimônia de ações do Ministério do Turismo.

Horas depois, o ministro da Saúde afirmou que Bolsonaro havia solicitado um estudo sobre o caso.

Leia mais: Crusoé traz os bastidores da disputa de João Doria e Luciano Huck para a eleição de 2022
Mais notícias
TOPO