"É um direito dele", diz Bolsonaro sobre Toffoli adiar juiz de garantias

Jair Bolsonaro foi perguntado nesta quinta-feira sobre a decisão do presidente do STF, Dias Toffoli, de adiar por seis meses a aplicação do juiz de garantias.

“É um direito dele. Ele pode intervir para ajudar a começar a funcionar o juizado de garantias em um prazo exequível”, comentou Bolsonaro.

“Nada mais além disso. Eu não costumo discutir decisão do Supremo.”

Comentários

  • Ryu -

    Não discute decisões de supremo pois não passa de um covarde farsante estelionatário!

  • Guilherme -

    Zé bobo não diz coisa com coisa...

  • Regina -

    #BOLSONAROTRAIDORDOPOVOBRASILEIRO

Ler 32 comentários