Economia encerra vínculo com agência da lista de "detratores"

Economia encerra vínculo com agência da lista de “detratores”
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Ministério da Economia encerrou seu vínculo com a agência BR+ Comunicação, responsável por classificar jornalistas e influenciadores em uma planilha que incluía uma lista de “detratores”.

A informação é do UOL.

Nesta terça (1º), a BR+ pediu desculpas pelo “mal-entendido” e informou que “foi um erro de processo” o uso do termo ‘detratores’.

O Ministério afirmou que o “mapa de influenciadores” foi realizado só uma vez e custou R$ 36 mil.

O contrato foi assinado originalmente com o Ministério da Ciência e Tecnologia.

O termo de execução descentralizada com o Ministério da Economia já venceria no próximo dia 31, mas a pasta decidiu adiantar o encerramento.

Mais notícias
TOPO