Economia mínima

Se o governo Jair Bolsonaro conseguir aprovar somente a fixação de uma idade mínima para a aposentadoria, a redução nos gastos públicos será de apenas R$ 20 bilhões em cinco anos, relata O Globo.

O valor é bastante inferior à economia de R$ 80 bilhões prevista para o mesmo período com uma mudança que mexe também na regra de cálculo dos benefícios.

“Esses números foram repassados à equipe de transição e calculados com base na última versão da proposta de reforma do presidente Michel Temer, que está no Congresso.

Uma apuração minuciosa feita em Brasília revela as principais decisões de Paulo Guedes, o posto Ipiranga do futuro presidente, e sua equipe. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 101 comentários
  1. A reforma é imprescindível e tem que ser ampla de forma a se adequar as novas expectativas de vida com igualidade a todos os brasileiros sem distinção acabando com mordomias inaceitáveis. “SEGUE

    1. E devem haver para situações extraordinárias como os de serviços insalubres, de militares sempre a postos e etc… Com certeza devem haver especialistas que saibam quantificar tais excepcionalidad

    2. Respeite-se os direitos adquiridos até de idade na proporção do que já se contribuiu e para os saldos se aplique um novo formato igualitário ao dos novos contribuintes. exceções podem “SEGUE”

  2. A reforma é imprescindível e de forma eficaz para ajuste as conquistas de maior expectativa de vida, tem que igualar a todos pois não pode haver diferenciações entre os brasileiros. “”SEGUE””

  3. Sonegacao 600bi/ano. Isencoes 200bi/ano. Divida ativa 1 trilhao. Corrupcao sao bilhoes e mais bilhoes porem o problema sempre é a previdencia. Que país medíocre que apoia bandidos e sonegadores.

    1. 17. Pensa mais e melhor Arthur. Trabalhar sim e recolher impostos sim mas PEEEENSAR e RACIOCINAR é de valia e gerar-se pensamentos apurados. Certo Arthur?

    2. 16. Toda atenção Arthur. Há duelo rudimentar em Brasília no Congresso Nacional: o predominar de SIMPLORIEDADE + SIMPLÓRIO versus RECUSA DA COMPLEXIDADE. Te flaaaagra!

    3. Otao, eu trabalho e pago impostos em dia. Não sou como vc que rebece do diretório de partido político. Vai arrumar um emprego e trabalhe ai sim vc pode argumentar algo.

    4. 15. Atenção Arthur. Coloca em SEGUNDO PLANO tudo isso daí e trata de considerar q/ numa corrente de COMPLEXIDADE NACIONAL o “elo Congresso” não pode ser o mais fraco.

  4. Em 2003 o Stalinácio Lula da Silva fez uma reforma da Previdência, que economizaria 60 bilhões e promoveria o crescimento sustentável do país…. cadê os resultados? Não caiam nessa!

    1. 14. FHC conseguiu ter COMPLEXIDADE POLÍTICA mas Lula descartou e adotou Mensalão. A Dilma nunca soube nem o q/ seria POLÍTICA. E JB nem sabe do que se trata COMPLEXO.

    2. 13. O presidente deveria se empenhar na reforma partidária como se fosse sua ÚNICA META p/ período. Antes de mais nada urge COMPLEXIDADE política no Congresso p/ poucos partidos.

    3. 12. P/ obter indispensável COMPLEXIDADE parlamentar num rápido lance deveria ocorrer rebeldia no Congresso c/ nova legislatura. Mas o Executivo deveria liderar para empolgar massas.

    4. 11. Ocorre q/ a política partidária deve ser levada na COMPLEXIDADE e nunca o será com sistema COMPLICADO. Por ora os partidos só COMPLICAM e dispensam o COMPLEXO

  5. Querem mesmo é ver um plano pra ferrar o povão de uma vez, aí a mídia e o mercado ficam contentes, vai tentar tirar as mordomias, os trocentos mil funcionários do STF, as super aposentadorias…

  6. 8. A Previdência deverá “revolucionar a sociedade” e para tal a população brasileira NÃO ESTÁ CONDICIONADA. Tem que adotar solução paulista: problemas-eficiências-soluções.

    1. 10. Sociedade DEVERÁ SE APERCEBER q/ urge um Congresso c/ dois/três partidos majoritários. P/ tal uma “revolução” deve JÁ acontecer POR CLAMOR das ruas (blusas amarelas JÁ).

    2. 9. Geeente… congressistas estão ENROLANDO porque economistas estão VIRADOS MERCADO. Urge q/ surja um líder… e q/ seja PAULISTA..,. p/ voltar foco pros problemas de cotidiano.

    1. Exatamente! Assim que o Temer propôs a reforma da previdência, a GLOBO passou a mostar reportagens de velhinas de 90 anos que trabalhavam, dançavam balet, octogenários trapezistas, etc. Tudo armad

  7. O capitão vai dar tiro no pé se começar pela idade mínima, o povo já está se aposentando com estas idades e até mais do que isto. Reforma aos pedaços não é reforma, é remendo e sendo assim

    1. Este é o primeiro ponto. Tenho uma vizinha que recebe 52 mil por mes, viuva de procurador. Eis uma questão que não se pode aceitar. Começaria por ai.

    1. Tempo de contribuição não deveria ser alterado antes que o país se torne menos hostil aos empresários que criam empregos… muito instável, pessoas desempregadas por anos vivendo de bico.

  8. Não vai resolver se primeiro não separar assistência de previdência. Depois, reconhecer que TODOS vão ter de trabalhar mais tempo, contribuir mais e receber menos no futuro. E acabar com privilé

  9. Acho que pode e deve aproveitar a reforma de Meirelles(nada a ver com Temer) na parte que atinge os altos servidores e cria o regime único. A idade tb, aos poucos. Sem mexer c/serv. graúdos, é nada

    1. 7. Nããão Silvio. O país está CHEIÃO de PROBLEMAÇOS aguardando SOLUCIONAÇOS. A questão da Previdência não é a mais urgente no “saco de reformas” para se livrar de problemas.

    1. Se fosse a votação a reforma do Temer aposto que Bolsonaro votaria CONTRA… o cara sempre foi um mamador público eleito por mamadores. Não passa de um petista da direita…

  10. Pc. Bolsonaro ainda está devendo a apresentação de PROVAS de que não está envolvido no rolo filho-assessor-esposa sobre movimentação suspeita de mais de R$ 1 MI por um PM ligado ao filho dele.

  11. 😠 não resolvem por que não querem, além da idade, cobrar cobrar contribuição sobre novas aposentadorias, pensões e benefícios e aposentadoria, pensões e acúmulo das duas até o 2x teto do

    1. 6. Veja Roberto. Não se trata de “não querem” e sim “não conseguem”. Ninguém conseguirá nos próximos tempos. Só caso adotar preceito paulista: problemas-eficiências-soluções.

    2. 😠 se não for suficiente, aposentadoria para os que tem direito à paridade, quando completarem a idade para aposentadoria compulsória. Hoje não tem sentido falar em aposentar para aproveitar a v

    3. 😠 não resolvem por que não querem, além da idade, cobrar contribuição sobre novas aposentadorias, pensões e benefícios e aposentadoria, pensões e acúmulo das duas até 2x teto do INSS.

    1. A eleição acabou, Cino. Vamos nos unir pelo Brasil, não nos dividir pelos políticos. Se aparecer alguma prova contra o Presidente, que siga o mesmo caminho de Lula.

    2. Só falam em detonar os sardinhas q ganham no máximo o teto de 5000 e pouco, q todo ano vai caindo até chegar a 1 salário. Quero saber dos super salários e pensões. Não vão mexer hipocritas

  12. Como economista e eleitor de Afif e Guedes em 1989, eu digo. A reforma da previdencia tem de ser brutal. E centrada principalmente no alto serviço público. Mas, com 1/1 contribuinte/apos. quebrou.

    1. Bolsonaro não autoriza de forma alguma a atacar as corporações públicas, Guedes nada pode… fato. Vai fazer água esse barco.

    1. 5. Foi a SOCIEDADE ou seja “toda gente” ou seja “coisa do momento” ou seja “deu a louca no mundo”. A “loucura” vinha desde 2010 e em 2018 “pegou todo mundo”.

    2. João. Não sei dos números, mas parabéns pela independência. Temos que ser bastante críticos e vigilante com qualquer governo.

    3. Vc tem toda a razão, os evangélicos dizem ter em torno de 19 milhões de votos, e conforme estimativas 70% votaram 17, que dá mais do que a diferença.

    4. 4. Boa JJoão. Erro crasso da sociedade foi detonar Alckmin o único q/ visava lidar com problemas-eficiências-soluções. Agora dá não de evitar q/ sociedade seja arrastada prum fundão escurão.

  13. 2. Para chegar ao topo de executivo a pessoa tem q/ dominar truques profissionais na política partidária. Assim fizeram FHC e Lula mas Dilma e JB se mantiveram ignorantes daí se ferram.

    1. Nunca acreditou nisso, é um populista corporativista estatista… era esse lixo ou o petismo pra acabar com tudo de uma vez, estamos perdidos.

  14. E o Onyx Lorenzoni disse que “a reforma do Temer não presta”, ou palavras semelhantes. Nota-se claramente o calibre do que será o governo Bolsonaro, “arauto de uma nova era”…

  15. Ao invés dessa reforma, extingue a lei Roubanet q leva milhões, extingue esse Cnj, ministério do trabalho, e outros órgãos. Corte esses excessos e depois vá na previdência visando as altas apos

    1. Elegi bolsonaro para ter SEGURANÇA, pauta de costumes, fim de cotas raciais, políticas identitárias, etc. Não o elegi para reforma da previdência, que nunca foi sua pauta. Estelionato eleitoral!!

    1. Errado, comecem dando o exemplo, cortando regalias dos PARLAMENTARES em Brasília, verba de representação, viagens, HOSPITAL SÍRIO LIBANÊS, 60 cargos à disposição, etc.

  16. Reforma somente se os 3 poderes perderem todas mordomias. Não somos escravos. Não somos idiotas! Se o sacrifício não for igualmente oara todos, começando por cima, vai ser a revolta da maioria. C

    1. Poderia começar cortando na própria carne no Coangresso Nacional…. verba de representação, 60 cargos em comissão, plano de saúde com SÍRIO LIBANÊS, tudo por nossa conta. Mexam nisso primeir

    1. Tem que sere igual para o setor público e privado.Vamos falar a verdade o setor público produz pouco e consome muito com suas vantagens e benefícios.

  17. Este é o aviso:. SE A REFORMA NÃO COMEÇAR PELO 3 PODERES a casa vai cair. Bolsonaro vai quebrar a cara. Não vamos permitir mais esse assalto. Não se enganem com o evangélicos. NÃO SOMOS IDIOTA

    1. Exatamente, mas a imprensa, que publica press releases dos bancos, fez a cabeça do afegão médio brasileiro. É uma lavagem cerebral. A saúva não acabou com o Brasil.