Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Economia se reuniu com Pfizer e AstraZeneca, mas disse não ser responsável por vacinas

Equipe de Paulo Guedes teve encontros com farmacêuticas ao longo do ano passado
Economia se reuniu com Pfizer e AstraZeneca, mas disse não ser responsável por vacinas
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Ministério da Economia teve reuniões entre junho e agosto de 2020 com executivos de Pfizer e AstraZeneca para conversar sobre vacinas, segundo documentos enviados à CPI da Covid e obtidos pela Folha.

A equipe de Paulo Guedes disse que a compra de imunizantes não era responsabilidade da pasta, mas do Ministério da Saúde.

A primeira reunião ocorreu no dia 16 de junho do ano passado com Fraser Hall, então presidente da AstraZeneca para o Brasil.

No dia 7 de agosto, a equipe econômica teve uma reunião com Carlos Murillo, então gerente-geral da Pfizer no Brasil.

Os encontros foram liderados pelo secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO