The Economist ataca Bolsonaro

A revista britânica The Economist publicou um editorial com o título “Brasília, we have a problem”, afirmando que Jair Bolsonaro é um risco à democracia.

Entre outras críticas, a revista diz que há pouca evidência de que o candidato conheça os problemas econômicos do país.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Lula “o semi-analfabeto” e Dilma ‘a Economista-fake” e o FHC “O sociôloko” eram experts no assunto !!! Mais um jornalista de esquerda-desinformada com tendências prá mãe Dináh !

Ler mais 238 comentários
  1. Lula “o semi-analfabeto” e Dilma ‘a Economista-fake” e o FHC “O sociôloko” eram experts no assunto !!! Mais um jornalista de esquerda-desinformada com tendências prá mãe Dináh !

  2. O editor chefe deve ser um daqueles contra o BREXIT. Socialista, sativista, deve viver em coletivos e achar que mulher peluda e com cheiro de cachorro molhado é a evolução. Have fun…

  3. A economist previu um Brasil decolando com o PT e um USA quebrando com Trump. Pela lógica do modelo negativo, se ela prevê um desastre com o Bolsonaro, possivelmente ele fará um bom governo.

  4. The Economist? Aquela centenária revista que sabe tudo de Brasil? Não é aquela que colocou o Cristo Redentor na capa subindo como um foguete enganando seus leitores e investidores desavisados? Tá bom.

  5. O inglês Tommy Robinson foi preso e torturado por criticar uma gangue de muçulmanos que violentava crianças; a Inglaterra JÁ é uma ditadura e cassou a liberdade de expressão.

  6. É muito estranho e curioso (mas nenhuma surpresa) ver que esses mesmos analistas aí nunca enxergaram riscos à democracia nos governos comunosocialistas de FHC, Lularápio e Dilmanta !!!

  7. Tá….e o que tudo isso tem a ver com a democracia? É a mídia esquerdopata dando seus pitacos e a mídia brasileira aterrorizada apresentando uma matéria supostamente isenta de um veículo estrangeiro.

  8. Essa revista atacou Trump com esse mesmo tom sensacionalístico, com esse terrorismo psicológico. Resultado? Vitória do Trump. Dejavu presidencial. Jair Bolsonaro vai subir a rampa do Planalto.

  9. E quem conhece todos os problemas do país? O The Economist? Até parece! Com a caixa preta do BNDES fechada, quem poderá dizer que conhece os problemas do país. Vão lamber sabão!! Bolsonaro 2018!!

  10. Esses jornalista e grandes corporações de mídia tá dando seus seus pitacos de fora do nosso país só para um burro igualmente o boulos pegar suas opiniões comprometida com establishment.

  11. Global. /Ongs preferem corruptos governando o Brasil. Até serem pegos. Estão apoiando Marina, ou Alckmin, ou Meirelles (se isso fosse possível).Eles têm um problema: a soberania brasileira na Amazônia

  12. A onda é agora é Daciolo!!! Eu e minha família e todos os evangélicos vamos agora de Daciolo, um verdadeiro crente temente a Deus! EVANGÉLICO VOTA EM EVANGÉLICO, DACIOLO PARA PRESIDENTE!!!

  13. A Internacional Socialista gemendo.Queria ver uma FoxNews atacando a monarquia inglesa dizendo que a islamização do Reino Unido é um risco à democracia.Lembre a revista economica do antisocialBrexit.

  14. À quem não conhece a linha editorial do The Economist, a revista é formada por economistas, e não jornalistas, por isso leva esse nome. E a questão não tem correlação com moral, mas com liberalismo.

  15. Verdade, é um problemão. Os únicos democratas são Boulos, Haddad, Marina. etc. Todos simpatizantes dos regimes de Cuba, Venezuela, Coréia do Norte.. Enjaular bandido é realmente uma ameaça a democrac

  16. O medo esta aumentando… assim como os petistas quiseram “internacionalizar” a questão do PRISIONEIRO, agora querem reforçar as estratégias para se manterem no poder com esta pseudo imprensa!

  17. Enquanto a The Economist ataca Bolsonaro, Alckmin declara patrimônio irreal ao TSE, os ministros se auto concedem aumento de 16.6%. Assim, apesar da revista, a gente tem que pensar em votar no Mourão.

  18. Se a revista se refere à “DEMOCRACIA” de GRAMSCI, que Luladrão e seu mentor Zé Diabo implantaram no Brasil, Bolsonaro é um risco. De qual economia o larápio analfabeto entende, a não ser se enriquecer

  19. Se a The Economist tem tanta certeza disso é porque conhece bem a economia brasileira. Mas, pergunto: se realmente é o caso, qual será o candidato que mais conhece economia dentre todos?

  20. A ignorância e estupidez do The Economist deveria ser motivo de vergonha. Desconhecem o país e as instituições. Não há risco a democracia, aliás eles sabem o SIGNIFICADO de democracia? Parece que não

  21. …Ministros políticos do STF contra o combate a corrupção, Congresso e Camara Federal atolados até o pescoço em desvio e corrupção, Estados ingovernáveis e reféns de facções criminosas. Está Feliz?

  22. Ah! Tá bom. E Lula e Dilma conheciam de economia quando foram eleitos? Se conhecessem, não teriam feito a mherda que fizeram. Nem por isso o Economist criticou a eleição desses dois traidores da Nação

  23. O Paulo Guedes (e também a sua equipe, já formada de certo modo) conhece. E os nossos problemas não se restringem a questão econômica. A questão educacional e da segurança é bem mais grave

  24. Por que essa gente toda acha que pode botar o nariz aqui? Vão catar coquinhos…isso é problema nosso. Bolsonaro não é um risco. É a saída! Com ele vamos barrar a corrupção que está nos destruindo.

  25. A democracia no Brasil já está em risco, com ou sem Bolsonaro. Um Presidente Presidiário, um Candidato envolvido em corrupção quer livrar os envolvidos, outro é Líder de Invasores de propriedades…

  26. Relevância ZERO, credibilidade MENOS UM… já dá pra ver que foi jornalista comunista esquerdinha caviar que escreveu ao citar o termo “democracia”. Esquerdinhas espumando de raiva pelo mundo.

  27. E um presidiário com seu plano autoritário de governo e ditando as normas para seu candidato, não é um risco? Boulos não é um risco? Bolsonaro tem gente de mercado, é menos risco.

  28. O título deveria ser: “Nós temos um problema: Brasília”, ou “Nós temos um problema: a mídia que sempre escondeu os problemas de Brasília”, ou até “…: esquerda internacional apavorada com Bolsonaro”

  29. Politico e a imprensa brasileira ,um libelo.Perverteram-se por influência de duas causas bem diferentes: a ambição estúpida e a falsa filantropia.Trocistas.Palhaços,sem responsabilidade.

  30. De qual democracia a revista está falando? Um Estado aparelhado por comunistas travestidos de socialistas, no qual um ladrão condenado dita as ordens e de dentro da prisão cobra a quitação da fatura?

  31. The Economist? Essa publicação pró-establishment não cansou de atacar Trump e quebrou a cara. Só não digo que é o pior lixo da imprensa britânica porque ainda existem o Guardian e o Telegraph.

  32. Preparado era o fhc socialista. O lula comunista e mamador. Preparada era a dilma mandioca. Vão cuidar da venezuela e das guerras na africa e deixa que do brasil o bolsonaro cuida…

  33. São os intere$$es. Querem o Brasil enfraquecido para poderem, no futuro, tomar as riquezas da Amazônia. O Brasil não teria como resistir a qualquer ataque de uma superpotência.

  34. Patética, mais uma vez, a posição desta revista: quando o Trump venceu jogando por terra as suas previsões equivocadas, os editores tentaram consertar dizendo que “a democracia precisava amadurecer”.

  35. A mesma revista não previu a bolha imobiliária que estourou e gerou a crise financeira mundial de 2008, então em termos de previsão eles são bem obtusos…. E o Brasil não é pra principiantes.

  36. Não foram eles disseram que o Brasil era uma potência econômica sob governo Lula, ilustrando o Cristo-Redentor decolando como um foguete e depois se corrigir com Cristo desgovernado e caindo?

  37. Matéria encomendada pelo Alckminóquio ou pelo hóspede do Moro’s Inn. Outro jornaleco esquerdista de merda. Vão cuidar dos seus muçulmanos terroristas e parem de encher o saco. Bolsonaro Presidente.

  38. Concordo com 90% dos comentários, refutando aquele planfeto red dos ingleses: o Antagonista, vem se comportando como Burro de Viúva, repercutindo aqui, relinches daquela falange red, do hemisfério N.

  39. acho que eles não entendem de economia! o medo deles é que de certo o que Jair pensa para o Brasil. Se Jair Bolsonaro proteger o país de enroladores fará mais pela economia do que qualquer presidente

  40. Bolsonário “O MITO” e seus elitores, estão cagand* e andanado para The Economist e toda a imprensa MARROn, congênere do dito cujo. Bolsonaro ganha no primeiro turno, meu rei!

  41. O risco Bolsonaro é de outra ordem. Não se governa dando murros na mesa. Apenas ditadores podem eventualmente fazê-lo. Bolsonaro é um proto ditador fascista.

    1. Rapaz.. você se sente na ditadura do politicamente correto, dos direitos dos manos, do desarmamento, do judiciário aparelhado, do congresso fisiológico, etc?

  42. Esses boçais Ingleses, tutelados pelos Americanos, que os salvaram da rendição a Hitler. É mais de um jornalista esquerdopata “international” , querendo dar pitaco por aqui. Vão cuidar do Brexit .

  43. Steven Levitsky, de Harvard, ontem de manhã no INSPER proferindo a palestra “Como as Democracias Morrem”, declarou que Bolsonaro é problema, assim como Trump também o é lá nos EUA. A opinião é dele.

  44. Olha, o Bolsonaro tem suas limitações. São evidentes. Mas se até Lula – um semi-analfabeto – governou por 8 anos, creio que ele também conseguiria. O problema é o apoio parlamentar, que ele não terá.

  45. Se, por uma hipótese, isso fosse verdade, quem vai ser o ministro da Fazenda não é o presidente. Conversa para inglês ver. Ingleses não são anjos e donos da verde e, muito menos, incorruptíveis.

  46. Li outros jornais, inclusive do exterior: partidos pulhiticos brasileiros pagam fuxicaria sobre o Brasil__psdb-pt-mdb… outros formadores de quadrilha que lesam o país.Sumam daqui…Cleptocratas.

  47. Essa revista não tem credibilidade alguma, pois é a mesma que bajulou o lulopetismo no período 2003-2010, e sabemos como terminou essa história. Em suma, eles não sabem nada sobre nossa realidade.

  48. eu adoro quando esses outsiders tentam falar de um país que eles desconhecem kkkk serio, the economist? pelo jeito eles não entenderam que o bolsonaro está sendo auxliado pelo paulo guedes

  49. Vocês esqueceram que eleitores do Bolsonaro tem família, amigos e conhecidos e estamos fazendo campanha de graça. Eu mesmo já conquistei várias pessoas, mostrando a verdade e destruindo as mentiras.

  50. A revista britânica The Economist publicou um editorial com o título “Brasília, we have BOLSONARO President”, Now LULA will be executed by new Capital Punishment Law .”

  51. Senhores Antagonista vocês não são obrigados a atualizar as notícias a cada cinco minutos. Portanto, por favor, selecione melhor as notícias. Qual a relevância dessa publicação no processo eleitoral ?

  52. …com a decadência do império britânico, com essa saída desastrosa da União Europeia e outros problemas seus. Atacar Bolsonaro só lhe dá credibilidade.

  53. Por não ter nenhum interesse por estes tabloides comunistas errei ao imaginar que The Economist fosse um tabloide americano,quanto de fato é da Inglaterra o que é pior ainda

  54. O desespero da esquerda mundial é enorme. Credo! Podem censura os canais conservadores, publicar fake news contra Bolsonaro, jornalista e intelectuais podem bestar a vontade. O povo quer Bolsonaro.

  55. É um sinal claro de que o mercado não vai aceitar Bolsonaro. O mercado não aceitou a Dilma e houve o impeachment. O mesmo acontecerá com Bolsonaro, caso vença. Será devidamente demitido.

  56. Venezuela, Cuba, Nicarágua, ativismo jurídico, Foro de São Paulo, condenado tentando concorrer à presidência… Isso tudo é normal, ameaça mesmo é o Bolsonaro… AMEAÇA AOS BANDIDOS ESQUERDISTAS!

  57. A revista britânica The Economist publicou um editorial com o título “Brasília, we (NÓS) have a problem”, afirmando que Jair Bolsonaro é um risco à democracia.a DEMOCRACIA QUE FAVORECE LADRÕES DE UK.

  58. Verdade ? Falou isso ? Nossa, isso vai ter um baita impacto na campanha eleitoral. Acredito que mais de 60% dos eleitores do Bolsonaro, que seguem à risca a opinião dessa revista, vão mudar de idéia.

  59. Sem dúvida nenhuma ele é um risco, mas não para o Brasil e sim economia como a do Reino Unido que precisa dos minérios aqui do Brasil, se Bolsonaro ganhar a presidência vai interferir neste comércio.

  60. Quando a comunista inepta Dilma Rousseff foi eleita esse BOST@S não deram um pio! Bolsonaro pode não ser um campeão de bom senso e equilíbrio, mas é mil vezes melhor do que o NEFASTO PT no Poder!!

  61. Aqui é Brasil Cuide dos problemas do seu pais que do Brasil os brasileiros resolvem.USA we have a problem com a s milhares de pessoas que voces assassinam pelo redor do mundo.

  62. A revista britânica The Economist publicou um editorial com o título “Brasília, we have a problem”, afirmando que Jair Bolsonaro é um risco à democracia.LULA era BOM , AFUNDANDO O BRASIL! VTNC!

  63. Há pouca evidencia de que a Economist diga coisa com coisa! Perigo para a democracia foi aquele bandido preso em Curitiba, sobre cujos crimes esse panfletinho boboca nunca deu UM UNICO PIO!!!!

  64. Nem o Meirelles conhece bem os problemas econômicos do país. The Economist perdeu muita credibilidade após dizer que o Brasil decolava com o famigerado modelo econômico do PT que nos legou recessão.

  65. Se todos os problemas do Brasil fossem Bolsonaro e o que ele representa, estaríamos muito bem!!! E lula, e dilma, e temer, e a escória petista … metam-se nos seus próprios problemas.

  66. Bolzo, se é mesmo o cão de guarda q seus fanáticos dizem que é, então com certeza ele vai jogar fora a água suja com o bebê dentro. Para um país policialesco com graves problemas sociais: vote Bolzo

  67. Quem disse que na Inglaterra não tem analfabetos funcionais? The Economist tem que se preocupar com a babaquice do Brexit que vai ferrar com os ingleses.O macaco senta no rabo e aponta o rabo alheio.

  68. Quem conhece é a The Economist, que saudava os Governos do PT até 2015, não é mesmo?? Quem conhece é Geraldo Alckmin, que ficou 12 anos no Governo de São Paulo e não fez uma única obra no Cantareira

  69. Não adianta nada, nos somos brasileiros . Sempre votamos errados, em Lula, Dilma e agora o Bolsonaro. E achamos que somos espertos, kkkk. O brasileiro vota com a emoção , e nunca com a razão.

  70. Termos vários candidatos envolvidos em corrupção, investigações, indiciamentos e um presidiário ( fora o Centrão), tentando se perpetuar no poder para saquear os cofres públicos à vontade não é risco?

  71. A revista britânica The Economist publicou um editorial com o título “Brasília, we have a problem”, afirmando que Jair Bolsonaro é um risco à democracia.WE? O que a Economist quer com o Brasil?

  72. A revista britânica The Economist publicou um editorial com o título “Brasília, we have a problem”, afirmando que Jair Bolsonaro é um risco à democracia. A DEMOCRACIA ZONA QUE FAVORECE O REINO UNIDO

  73. De fato Bolsonaro é um risco para a democracia social-COMUNISTA e para o establisment da NOM transformando o Brasil em uma Venezuela, escravizando a população brasileira. Para estes só servem poste.

  74. Então Bolsonaro é ótimo! Tua Economist uma revistinha de quinta e bem vermelha. Lembram da capa dizendo que o Brasil tava decolando, quando na realidade era a política do presidiário de pão e circo

  75. Entre outras críticas, a revista diz que há pouca evidência de que o candidato conheça os problemas econômicos do país.Como por exemplo COMO VAMOS CONTINUAR A SUSTENTAR BANQUEIROS INTERNACIONAIS?

    1. Hahahahahaha… Jair Bolsonaro tira o sossego e a paz… do establishment fisiológico e corrompido.

  76. Olha a má-fé …. então o Presidente tem que ser médico para ser bom na área da saúde???? Que coisa !! É uma má-fé tão grosseira, tão evidente, que mostra o quando a imprensa “oficial” é vendida …

  77. A revista britânica The Economist publicou um editorial com o título “Brasília, we have a problem”, afirmando que Jair Bolsonaro é um risco à democracia.OU RISCO PARA OS QUE MANIPULAM O MERCADO?