Edir Macedo pede que Deus 'remova' quem se opõe a Bolsonaro

Em culto na Igreja Universal do Rio no último domingo, Edir Macedo pediu que Deus “remova” os que se opõem ao governo de Jair Bolsonaro, registra a Veja.

“Quando se levanta um político querendo ajudar, os bandidos, ladrões, safados, salafrários se unem para derrubá-lo. Mas o Senhor conhece aqueles que são justos, que querem ajudar o seu povo. Então te peço, meu Pai, por esta nação: nós elegemos Bolsonaro, então seja justo com ele, meu Pai”, discursou o dono da TV Record durante o culto.

“Remova aqueles que querem impedi-lo de fazer um excelente governo”, acrescentou, para depois citar o sobrinho –Marcelo Crivella, que enfrenta um processo de impeachment na prefeitura do Rio.

Entenda o jogo pesado de Lula para voltar à cena política. Leia mais

Não custa relembrar: Edir Macedo apoiou Lula em 2002 e 2006. E Dilma Rousseff em 2010 e 2014.

Comentários

  • Nelson -

    eu acho que deus deve gostar muito de corruptos, ladrões etc; se não gostasse, não existiria tantos neste país em todas as esferas da nossa sociedade e segmentos;então, seu Edir, não perca seu

  • Etori -

    As coisas ficaram mais vigiadas AGORA do que na suposta ditadura, que dizem que teve no Brasil.Lógico, hoje os soldados nao andam fardados, e as suas armas sao uma caneta e um papel eogeneralTapreso

  • Hananias -

    Edir Macedo, o maior safado, sem vergonha, pai das heresias, robador de dízimos dos fiéis à ele, mas infiéis a Deus, Deus nunca ouviria uma oração de forma errada como essa do velhinho pecador M

Ler 144 comentários