Edison Lobão e o táxi da propina

Rodrigo Brito, da AP Energy, disse à PF ter servido de intermediário de propinas entre a Camargo Corrêa e Edison Lobão durante a obra de Belo Monte, relata o BuzzFeed.

Segundo Brito, R$ 800 mil foram entregues na casa do senador maranhense, em Brasília, em outubro de 2012. O trajeto da propina, de São Paulo a Brasília, foi feito num táxi.

O empresário declarou ainda ter recebido o dinheiro da propina num hotel brasiliense e entregado a Gustavo Marques, da Camargo Corrêa, que depois teria feito o repasse a Lobão.

Em sua delação premiada, Marques já dissera ter levado o dinheiro ao senador. Kakay, advogado de Lobão, afirma que os depoimentos são mentirosos.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 8 comentários
  1. “relata o Buzzfeed” ? O antagonista vai agora replubicar post da esgotosfera e portais financiados pelos socialistas/comunistas? era só o que faltava.. postem logo carta capital também.. estamos perdidos.

  2. Lembrei sobre matéria/entrevista públicada em 2011, no Correio da Cidadania: http://www.correiocidadania.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=6161:manchete110811&catid=34:manchete

  3. O mais triste, é que existe uma ninhada de lobinhos maus já infiltrados pelos quatro cantos da política brasileira. Fossem apenas os lobinhos. Como desgraça pouca é bobagem tivéssemos de listar todas as ninhadas já inseridas nos 3 poderes nas 3 instancias ficaríamos por meses a fazê-lo. Melhor não citar nenhum para não cometer injustiça com os não inseridos na lista.