Eduardo Bolsonaro critica militares que mataram músico no Rio

Eduardo Bolsonaro foi o primeiro integrante da família a se pronunciar sobre a morte do músico Evaldo Rosa dos Santos, fuzilado com 80 tiros por homens do Exército no domingo, no Rio.

Em entrevista à Zero Hora, o deputado federal afirmou se tratar de um “fato lamentável, muito triste” e disse que os militares envolvidos “não seguiram o protocolo de progressão da força que nos é ensinado também na academia de polícia”.

Eduardo lembrou ainda que os militares sofreram prisão disciplinar e o caso está em investigação. “Você não verá ninguém passando a mão na cabeça de ninguém, caso tenha cometido um erro. Pra quem comete um erro, existe a lei.”

Questionado sobre a ausência de manifestação de seu pai sobre o episódio, o deputado respondeu:

“O presidente também lamenta. Pode ter certeza disso. Assim como também lamenta as outras 62 mil mortes por ano [por homicídio]. Certamente, a gente tem de mudar isso.”

EXCLUSIVO: OS GRAMPOS DA FARRA DE JOESLEY BATISTA COM OS PODEROSOS. Leia mais

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Paulo disse:

    Nossa mais pra prestar solidariedade ao Danilo ele não demorou nem meia hora,a verdade é que para o assassinado ele e a família esta kgando e andando.

Ler comentários
  1. Ozanir disse:

    Foi só o filho do Bolsonaro que criticou-os? Muitos o fizeram e não se deu essa repercussão que querem.

    1. Kkkkk, a do nove dedos é melhor, né canhotinho.

  2. Paulo disse:

    Infelizmente uma tragedia, os presos vao a justica....a maioria dos 60.000 homicidios nao tem autoria no brasil

  3. Fernanda disse:

    É cada comentário que se vê por aqui. Parece que pelo fato de serem representantes do Estado, esses soldados, merecem a morte. A lei está sendo cumprido, ou eles não possuem direito ao devido pro

    1. Ta certinha,eles merecem medalhas,afinal só acabaram com uma familia,sem problemas ...

  4. ZEZECO disse:

    Q post zinho mais tendencioso.Antes os bolsonaros eram ruins pq nao se manifestaram sobre o metralhamento,agora distorcem o conteudo do comentario q foi perfeito.

  5. ALEXANDRE disse:

    só que o papai demorou menos de 24 horas pra se solidarizar com o tal Gentile e sobre um assassinato desse vem esse Só no Vácuo quase uma semana depois

    1. a dilma até hoje não se manifestou sobre os 5 jovens mortos pela policia do rio com 111 tiros em costa barros pertinho do outro caso que atraiu a mídia

  6. João disse:

    Isso é que dá colocar forças armadas para fazer PAPEL DE POLICIA. Eles sao verdeiros Garotos de 21, 22 anos de idade e NÂO foram preparados para fazer polivciamento de rua. Só poderia dar nisso.

  7. CARLOS disse:

    Avaliem as circunstâncias, estavam no cumprimento do dever, eram agentes de segurança e a baixa periférica deve ter feito alguma coisa errada. Respeitem que estava trabalhando pelo sossego dos dema

    1. só quem não conhece aquela região critica os militares, já condenaram antes da perícia, antes de ver se todos os presos atiraram. CAAALMA GENTE!

    2. Carlos pelos argumentos apresentados como justificativa dessa barbárie, você perdeu uma excelente oportunidade de ficar calado!!

  8. XYZ disse:

    Hoje na Praça Seca, Jacarepaguá houve uma guerra, em plena luz do dia, confronto entre MILICIA e TRÁFICO... Já não bastasse a guerra política desses 2 grupos, e a milícia tem ajuda do Estado

  9. EDUARDO disse:

    E sobre as milícias. Nunca irão se pronunciar ? Afinal eles irão continuar homenageando? Isca isca me chame de petista. Bolsopatas.

  10. XYZ disse:

    As MILÍCIAS tem apoio do Estado e das polícias. Estamos refém do tráfico, milícia e jogo do bicho. Todos políticos

  11. Newton disse:

    Mas quem foi que contou os 80 tiros naquele entrevero??? De onde veio essa informação?? Me expliquem como, alguém sobreviveu a 80 tiros de fuzil 7,62, dentro daquela latinha chamada Ford K ?

    1. Procure por câmera no Houaiss. Vai se surpreender.

  12. Urso-polar disse:

    Depois de 13 anos de pt da maior trabalho pra limpar o lixo deixado por eles , nas não espere que não haja vassouras quebradas no processo !

    1. Hell de Janeiro é problema desde o governo militar. Alí, é só Deus que consegue salvar.

  13. Nova disse:

    Ótima resposta, Eduardo. Muito mais gente morre e ngm cobra declaração do presidente

  14. Moacir disse:

    Pinto pequeno querendo fazer média? O que houve? O normal era celebrar o homicídio e os 80 tiros.

  15. Maxwell disse:

    Gostaria muito de ver este garoto fazendo operação no Rio de Janeiro na linha de frente seguindo o protocolo de progressão da força que foi ensinado na academia militar.

  16. Pedro disse:

    Prezado Dudu, se o "Senhor" tivesse colocado um cabo e dois soldados para aquele Plantão de fiscalização, talvez aquele Incidente Triste não acontecesse. Vamos deixar o Cb e os Sds de protidão

  17. Milton disse:

    Tomara que os que estão aqui dando risada do coita do que mor reu, tenham em dobro esse desejo em suas famílias

  18. So disse:

    É isso aí Duda: "também lamenta as outras 62 mil mortes". De fato, foi um crime igual aos que acontecem, o problema é que estes estavam de farda!