Eduardo Braga preocupado com aviação regional

Eliseu Padilha fechou um acordo com líderes do Senado, há pouco, para que a MP sobre a participação de capital estrangeiro nas empresas aéreas brasileiras seja aprovada ainda hoje.

O compromisso, porém, é que o governo vetará o percentual de até 100%.

Eduardo Braga é o responsável pela reviravolta. Ele conseguiu convencer os pares de que a “abertura total” ao capital estrangeiro poderia prejudicar a aviação regional. É o contrário, claro, a aviação como um todo se beneficiaria com mais concorrência e companhias dispostas a implantar de verdade os voos “low cost” no Brasil.

Um novo projeto sobre o tema deve ser enviado ao Congresso pelo governo de Michel Temer.

200