Eduardo Cunha diz que, 'se estivesse no poder, apoiaria' Bolsonaro

Eduardo Cunha, da cadeia, já está em campanha para eleger Jair Bolsonaro em 2022.

Ele disse para a Folha de S. Paulo, em entrevista por escrito:

“Quem elegeu Bolsonaro porque não queria a volta do PT tem a obrigação de dar a governabilidade a ele. Se estivesse no poder, eu o apoiaria.”

Ele disse também:

“É preciso ter em conta que vivemos em uma dupla opção, entre o PT e o anti-PT. Nunca existiu terceira via em todas as eleições desde 1989 e não existirá na próxima. Não vejo ninguém para isso. Entre Bolsonaro e o PT, não tenho a menor dúvida de ficar com Bolsonaro. Qualquer opção é melhor que a volta do PT.”

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO