Eduardo Cunha, gravando…

A Polícia Federal abriu um inquérito hoje para apurar a origem de uma gravação fajuta que relaciona o deputado Eduardo Cunha, do PMDB do Rio de Janeiro, a pagamento de propina. Foi o próprio Eduardo Cunha quem entregou a gravação à PF, que teria sido repassada a ele por um agente da corporação. Eduardo Cunha é candidato à presidência da Câmara, para o desgosto do aliado PT.
É preocupante, sem dúvida, mas seria ainda mais se houvesse uma gravação tecendo elogios a Eduardo Cunha.

Faça o primeiro comentário