ACESSE

Eduardo Fauzi foi investigado por integrar 'milícia de estacionamentos' no Rio

Telegram

Alvo da Polícia Civil por causa do atentado à produtora do Porta dos Fundos, Eduardo Fauzi foi investigado anos atrás por suspeita de integrar uma milícia que controla estacionamentos irregulares no Centro do Rio.

Fauzi presidia uma tal de Associação de Guardadores Autônomos de Veículos São Miguel. Matéria do Globo de 2013 registrou que, após dois anos de investigações, o inquérito sobre o caso permanecia inconcluso.

Depoimentos colhidos pelo delegado Alcides Pereira indicavam a participação no esquema de um homem conhecido como “capitão PM Henri”. Ele e Fauzi foram acusados de ameaçar guardadores sindicalizados com tacos de beisebol.

2020 será desafiador. Mas você tem um novo aliado. Saiba mais

Comentários

  • Margarida -

    Será q ele seria capaz de fazer isso ? Um rapaz tão doce. Agora, esses investigadores do Rio, são difíceis de concluir uma investigação .

  • Patrizia -

    Nossa! O Rio é chic, só tem gente fina. Achacar guardador é o último elo da cadeia alimentar, assim como Paulo Bernardo tirando de aposentados no consignado.

  • Carlos -

    Será que dá para O Antagonista parar de cornetar essa porta dos infernos? fica fazendo publicidade pra esses energúmenos; pára porra!

Ler 34 comentários