Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Eduardo Leite: “Não quero ser eleito a nada por ser gay”

O governador tucano começou a viajar o Brasil em busca de apoio para ser o candidato do PSDB ao Planalto
Eduardo Leite: “Não quero ser eleito a nada por ser gay”
Fotos: Gustavo Mansur/ Palácio Piratini

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, negou neste domingo ter feito cálculo político ao assumir-se gay no programa de televisão de Pedro Bial. 

Eu não quero ser eleito a nada por ser gay. Não é isso que busco. Cada um sabe das motivações do voto. O que motiva a votar. Se é uma causa, se é a questão econômica, se é a causa da igualdade da população LGBT. Eu não quero, como gay, ter o voto da população LGBT por ser gay, afirmou.

A declaração foi feita em evento do PSDB no Distrito Federal, onde o partido realiza atividades com os pré-candidatos à presidência da República.

Como antecipamos, Leite começou a viajar o Brasil em busca de apoio para ser o candidato do PSDB em 2022.

As prévias do partido estão marcadas para o fim de novembro. O governador João Doria, o senador Tasso Jereissati e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto, também deverão participar das prévias.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO