Eduardo Paes visita 'merda de lugar'

Telegram

Em pré-campanha pelo governo do Rio, Eduardo Paes foi neste semana a Maricá, cidade que ele chamou de “merda de lugar” naquela conversa com Lula divulgada pela PF em 2016.

“Hoje foi dia de deixar um pouco de lado as tarefas na BYD lembrando dos velhos tempos ao lado do meu amigo Deputado Adolfo Konder em Maricá! Ainda rolou um feijão amigo!”, escreveu o ex-prefeito, mencionando a empresa de carros elétricos em que trabalha.

Na conversa interceptada, Paes disse que Lula tinha “alma de pobre” e que o “equivalente” fluminense do sítio de Atibaia seria em Maricá. “Imagina se fosse aqui no Rio esse sítio dele (…). É como se fosse em Maricá. É uma merda de lugar, porra!”

O ex-prefeito já pediu desculpas pela declaração e disse que começaria sua campanha por Maricá.

 

Comentários

  • Daniel -

    Será porque Maricá está nadando em royalties? Superando qualquer cidade do país? Talvez essa merda de lugar seja uma fonte bem generosa de dinheiro. Lurian Lula já descobriu isso e se mudou de mala e cuia para a bucólica cidade. Ninguém dá ponto sem nó.

  • Aderval -

    Pois eu expando a franqueza do ladrão Paes, digo que o Rio de Janeiro inteiro é uma merda de lugar, pôrra! E é merda desde que inventaram um comunista gaúcho de nome Brizola. Cariocada merece o que tem lá

  • Mônica -

    E os MARICASenses não jogaram um tomate no Paeslhaço? Aposto que quem recebeu esse artista circense foi o Quáquáquá e a filha quase abortada do Luladrão corrupto lavador de dinheiro.

Ler 23 comentários