Eficácia geral da Coronavac deve ser inferior a 78%, diz pesquisador

Eficácia geral da Coronavac deve ser inferior a 78%, diz pesquisador
Foto: Artem Podrez/Pexels

Em entrevista ao Estadão, o infectologista Esper Kallas afirmou que a taxa de 78% de eficácia da Coronavac não corresponde ao índice geral, que considera todos os casos de Covid-19 registrados entre os voluntários.

O índice geral ainda não foi divulgado pelo Instituto Butantan e deve ficar abaixo dos 78%.

O que dá para dizer com os dados que temos é que a eficácia de 78% é para aqueles casos leves que precisaram de alguma intervenção médica, classificados como nível 3 na escala da Organização Mundial da Saúde, e a de 100% é para casos moderados e graves, classificados a partir do nível 4. Gostaríamos de ver os dados também para o nível 2, que são aqueles infectados que evoluíram bem em casa e não precisaram de atendimento médico, mas que não foram incluídos nessa análise”, afirmou.

Leia mais: Crusoé revela documentos de leniência que a holding JBS omitiu da Justiça. Há ainda novos detalhes de repasses feitos a ministros do atual governo e ao Instituto Lula.
Mais notícias
TOPO