Efraim propõe 'PEC paralela' para combater privilégios do Judiciário

Telegram

No debate sobre a PEC do Foro, o deputado Efraim Filho propôs a vedação da aposentadoria compulsória de magistrados.

“Isso não é uma penalidade, mas um prêmio. O juiz vende uma sentença e ganha aposentadoria”, diz. Ele explica que a ideia é apresentar uma PEC paralela, “para evitar atrapalhar a tramitação da atual”.

O novo texto deverá avançar sobre outros privilégios do Judiciário. “A ideia é dar isonomia para os poderes e garantir a horizontalidade e isso não se restringe apenas ao foro.”

 

 

Comentários

  • Juliana -

    Não se resume mesmo.Tem privilégios ENORMES,ABSURDOS.Vivem num mundo a parte que o nosso.

  • Alexandre -

    Não sei...só sei que alguém tem que fazer algo para tentar frear a petulância do nosso judiciário...estão se achando deuses e não respeitam mais nada nem ninguém.....nem mesmo a CF.

  • REINALDO -

    Me preocupa mais garis em greve do que o STF parado.

Ler 26 comentários