ACESSE

Eike é condenado a 8 anos de prisão por enganar mercado

Telegram

O empresário Eike Batista foi condenado esta semana a dez anos e 11 meses de prisão por enganar o mercado com sua empreitada na exploração de petróleo com a OGX. Também foram condenados o ex-presidente da empresa Paulo Mendonça e um ex-diretor, Marcelo Torres.

A pena será cumprida em regime semiaberto: eles podem trabalhar durante o dia, mas têm de dormir na cadeia.

A sentença é da juíza Rosália Monteiro Figueira, da 3ª Vara Criminal Federal do Rio.

Leia mais: Compras emergenciais para a pandemia: suspeitas de fraude, superfaturamento e corrupção

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários