ACESSE

"Ela mostrou uma planilha e disse que falava em nome do governo"

Telegram

A deputada do PL Flávia Arruda (mulher do ex-governador José Roberto Arruda, preso no exercício do mandato) acusou a bolsonarista Bia Kicis de ter oferecido cargos em troca de apoio:

“Ela mostrou uma planilha e disse que falava em nome do governo”.

Outros dois deputados, Celina Leão e Luis Miranda, participaram da reunião.

Flávia Arruda acrescentou à Folha de S. Paulo:

“Eu e Celina fomos até duras: dissemos que não queríamos cargo algum”.

Como Gilmar Mendes agiu para impor sua vontade ao Supremo. Mais aqui

Comentários

  • -

    Porque, os então "parlamentares" tem tanto medo do Lula, aliás o próprio PRESIDENTE fala de Lula até.... será que é inveja? Afinal o nordestino sabe se portar com elegância, classe, e é o melhor.👏👏

  • Maria -

    Aliado de fé é assim mesmo: faz qualquer coisa que o chefe manda. É a nova política, ainda no bercário, ficando gagá.

  • Maria -

    Esse disse-me-disse, fofocas e intrigas já encheram. Esses deputados(as) vagabundos(as) deveriam honrar os vultosos salários que recebem com o nosso dinheiro e trabalhar de verdade. Parasitas inúteis.

Ler 111 comentários