"Ela mostrou uma planilha e disse que falava em nome do governo"

Telegram

A deputada do PL Flávia Arruda (mulher do ex-governador José Roberto Arruda, preso no exercício do mandato) acusou a bolsonarista Bia Kicis de ter oferecido cargos em troca de apoio:

“Ela mostrou uma planilha e disse que falava em nome do governo”.

Outros dois deputados, Celina Leão e Luis Miranda, participaram da reunião.

Como Gilmar Mendes agiu para impor sua vontade ao Supremo. Mais aqui

Flávia Arruda acrescentou à Folha de S. Paulo:

“Eu e Celina fomos até duras: dissemos que não queríamos cargo algum”.

Comentários

  • Edu -

    Os Antas fazendo de novo o jogo sujo da extrema imprensa. Parece que não se conformaram até hj com a perda do Bebiano. Vendidos.

  • Edu -

    Bia kicis é pessoa séria e honesta. É uma tentativa de assassinar reputações das pessoas muito próximas do Presidente.

  • Sonia -

    Mulher de quem? É claro q vai tentar detonar JB! Aí ela não consegue nada, nem dinheiro nem poder, portanto, pq não criar fakes pra destruir o presidente?

Ler 111 comentários