"Ele é um garoto e deve estar desesperado", diz advogado de suspeito

O advogado de Gustavo Henrique Elias dos Santos, um dos presos hoje suspeitos de participar da invasão do celular de Sergio Moro, pediu à Polícia Federal para não tomar o depoimento do cliente sem sua presença em Brasília.

Ariovaldo Moreira disse a O Antagonista que vai à capital para acompanhar o jovem, que tem 28 anos.

“Ele é um garoto e deve estar desesperado”, disse.

Segundo Ariovaldo, Santos é DJ e não é hacker. Ele diz acreditar que ele foi preso por ser amigo de outro suspeito preso, Walter Delgatti Neto, que já teria se envolvido em invasão de contas correntes.

 

EXCLUSIVO — TOFFOLI: A DECISÃO... E A COINCIDÊNCIA
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 143 comentários
TOPO