Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

'Ele tinha crença ferrenha no tratamento precoce', diz vereador que perdeu o pai por Covid

Ele tinha crença ferrenha no tratamento precoce, diz vereador que perdeu o pai por Covid
Foto: Reprodução/Youtube

O vereador de Curitiba Alexandre Leprevost prestou uma homenagem ao pai na sessão da Câmara Municipal nesta terça-feira (20).

Luiz Antonio Leprevost, de 69 anos, morreu na última sexta-feira (16), vítima de complicações da Covid.

Emocionado, o vereador disse que o pai tinha “uma crença ferrenha” no “tratamento precoce”, defendido por Jair Bolsonaro e que envolve medicamentos sem eficácia comprovada.

Leprevost afirmou que a crença do pai no presidente pode ter piorado para seu quadro clínico.

“Meu pai, apesar de induzido pelos exemplos do nosso líder, se cuidava muito em relação à Covid, até em exagero. Sempre na companhia das máscaras, do álcool em gel, e na crença ferrenha do ‘tratamento precoce’. No qual falava disso como se fosse médico. Tomou cloroquina, ivermectina e demais adjacentes que apareciam em suas crenças.”

O vereador disse que, quando o pai estava melhorando, desenvolveu problemas em outros órgãos.

“Dessa vez os problemas estavam no fígado e no rim que podem ter sido gerados por uma infecção ou pelo excesso de remédios.”

 

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO