Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Ele vai se sair bem lá", diz Bolsonaro, sobre depoimento de Barros

O presidente disse que tem convicção de que o líder do governo na Câmara vai conseguir explicar aos senadores que não tem envolvimento no caso Covaxin
“Ele vai se sair bem lá”, diz Bolsonaro, sobre depoimento de Barros
Reprodução: Youtube/Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (12) que está ansioso pelo depoimento do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, à CPI da Covid. A declaração foi dada em entrevista à Rádio Jovem Pan Maringá, no Paraná, reduto eleitoral de Barros.

Como O Antagonista revelou, o deputado Luis Miranda e seu irmão, que é funcionário do Ministério da Saúde, relataram a Bolsonaro irregularidades no contrato para a compra da vacina indiana Covaxin, em março. O presidente teria dito que sabia do envolvimento de Barros no caso.

Na entrevista, Bolsonaro desafiou Miranda a apresentar provas concretas das acusações que fez.

“Ele falou que eu teria criticado o Ricardo Barros. Bem, eu não vou ficar batendo boca com parlamentar. Primeiro, se ele tem algo de concreto para apresentar contra mim, é mais do que direito, é dever dele denunciar. Esperou quatro meses para falar, agora começa a querer me jogar contra o Ricardo Barros. Eu fico quieto.”

O presidente afirmou que tem convicção de que Ricardo Barros vai se sair bem em seu depoimento.

“Como eu não defendi o Ricardo Barros? Ele é líder do governo na Câmara. Se eu tivesse demitido ele, daí sim eu podia pensar em de maneira diferente. Hoje é o dia, também estou ansioso por isso, para ele, que é um deputado experiente, ir lá explicar. Ponto final. Não digo que tenho certeza, mas tenho conviccção, porque conheço o Ricardo Barros, nesse caso da vacina, ele vai se sair bem lá.”

Mais notícias
TOPO