ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Vitória

A corrida pela Prefeitura de Vitória tem partidos grandes sem aliança, ex-prefeito petista na disputa e três candidatos da área de Segurança Pública.

O atual prefeito Luciano Rezende (Cidadania), concluindo seu segundo mandato, tentará fazer como sucessor o deputado estadual Gandini (Cidadania), que já foi vereador da capital e secretário de Gestão, Planejamento e Comunicação da cidade.

A coligação tem PSC, PSL, PDT, PV, Avante e Podemos, do senador Marcos do Val. O governador Renato Casagrande também tem um pé na candidatura de Gandini, embora seu partido, o PSB, tenha candidato: o atual vice-prefeito, Sérgio Sá, que conseguiu o apoio do Pros, do PP, do PMB e da Rede, do senador Fabiano Contarato.

O deputado estadual Capitão Assumção (Patriota), ex-deputado federal, conseguiu se unir ao PTB e vai em busca de votos bolsonaristas. Nessa leva, o PRTB, de Hamilton Mourão, tem como candidato o empresário Eron Domingos.

O deputado estadual Delegado Pazolini (Republicanos) é outro nome na disputa pelos apoiadores de Jair Bolsonaro. Ele caminha com DEM, PTC, Solidariedade e, de última hora, garantiu o apoio do MDB, que desistiu de candidatura própria para pular nesse barco.

O ex-prefeito da capital capixaba, advogado João Coser (PT), tentará voltar ao comando da cidade, em voo solo. Igualmente sem alianças, são candidatos o vereador Mazinho (PSD) e a vereadora Neuzinha (PSDB), depois que parte dos tucanos não conseguiu sustentar a candidatura do ex-prefeito Luiz Paulo Vellozo Lucas.

O Novo lançou o Coronel Nylton, que já comandou a Polícia Militar e foi secretário de Segurança do estado.

O PL, coligado com PMN, está na corrida eleitoral com Halpher Luiggi, ex-superintendente do DNIT e ex-diretor do DER no estado.

A esquerda ainda apresenta como opções os professores Gilbertinho Campos (PSOL) e Raphael Furtado (PSTU), além do jornalista Namy Chequer (PC do B), que foi vereador de Vitória por cinco mandatos.

Leia também:

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Recife

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de São Paulo

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela eleição suplementar ao Senado em Mato Grosso

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Fortaleza

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de João Pessoa

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de São Luís

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Belo Horizonte

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura do Rio de Janeiro

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Maceió

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Aracaju

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Goiânia

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Macapá

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Boa Vista

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Manaus

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Porto Alegre

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Curitiba

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Florianópolis

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Teresina

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Belém

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Natal

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Salvador

ELEIÇÕES 2020: a corrida pela Prefeitura de Rio Branco

Leia mais: O Centrão quer dominar sua cidade. Entenda como
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 3 comentários
TOPO