Eleições 2020: as estranhas alianças do PSL com PT e PC do B

Eleições 2020: as estranhas alianças do PSL com PT e PC do B

As eleições municipais, quando partidos de campos ideológicos aparentemente antagônicos resolvem dar as mãos, são o retrato mais fiel da política brasileira.

É o exemplo da candidatura de Dr. Renato (MDB) à Prefeitura do município mineiro de Timóteo: ele conseguiu juntar o PSL, partido que se diz conservador, e o comunista PC do B na mesma coligação.

Situação igualmente esdrúxula ocorre em Francisco Morato, no interior de São Paulo, onde a prefeita Renata Sene (Republicanas) vai tentar a reeleição tendo como aliados, juntinhos, PT e PSL.

Leia mais: O Centrão quer dominar sua 'casa'. Entenda como
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 28 comentários
TOPO