Eleições 2020: juíza tira Lindbergh da disputa no Rio

Eleições 2020: juíza tira Lindbergh da disputa no Rio
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

A juíza eleitoral Regina de Castro Lima rejeitou o registro de candidatura de Lindbergh Farias (PT) para vereador no Rio de Janeiro.

Ela acolheu pedido do Ministério Público, que pediu a inelegibilidade do ex-senador por causa de uma condenação por improbidade, confirmada em segunda instância.

Em 2008, quando concorria à reeleição como prefeito de Nova Iguaçu, Lindbergh distribuiu caixas de leite com símbolo da prefeitura.

A defesa disse que vai recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral, alegando que a condenação não implicou enriquecimento ilícito e dano aos cofres públicos, condições impostas pela Lei da Ficha Limpa para declarar a inelegibilidade.

Leia mais: O Centrão quer dominar sua 'casa'. Entenda como
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 17 comentários
TOPO