Eleições na CNBB: obra, poder e política

A próximo eleição na CNBB está marcada para abril do ano que vem.

Os bispos começaram a se movimentar. Dom Leonardo Ulrich Steiner, que está no segundo mandato como secretário-geral da conferência, não poderá mais se reeleger ao cargo e O Antagonista soube que ele cogita concorrer à Presidência, hoje ocupada por Dom Sergio da Rocha.

Dom Leonardo — aquele que tem como ídolos Leonardo Boff, Frei Betto e Patrus Ananias — desgastou-se com o episcopado. Terá chance, porém, se concluir a megaobra em andamento na sede da CNBB, em Brasília.

Se não for eleito, Dom Leonardo certamente será agraciado com uma diocese de peso depois que deixar a função atual.

Comentários

  • na -

    O que é, mesmo, que estes trastes já fizeram de positivo para o País?

  • Marcio -

    máfia pra todo lado

  • JorgeS -

    Será utilizada urna eletrônica?

Ler 50 comentários