Eleitores de Dilma: arrependidos e envergonhados

O Antagonista encomendou ao Instituto Paraná que medisse o grau de arrependimento dos eleitores que votaram em Dilma Rousseff. O arrependimento é tanto que, apesar de a petista ter obtido 51,6% dos votos válidos no segundo turno, apenas 39% dos pesquisados declararam ter votado nela. “Dada a atual situação político-econômica, a explicação para essa diferença só pode ser vergonha de revelar o voto na atual presidente”, diz Murilo Hidalgo Lopes de Oliveira.

Vejam os números: