"Eles estão com ciúmes de mim", diz líder dos caminhoneiros sobre grupo que convocou greve

Telegram

Wallace Landim, conhecido como Chorão, um dos líderes da greve dos caminhoneiros no ano passado, disse a O Antagonista ter a impressão de que a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) “está usando” Wanderlei Alvez, o Dedeco, outra liderança da categoria.

“É a impressão que tenho. Eles estão com ciúmes de mim. O trabalho que a gente está desenvolvendo com o governo, na verdade, era para estar sendo feito por eles. Aí o que percebo é que estão usando o Dedeco para convocar uma nova paralisação.”

Segundo Chorão, “ninguém é a favor de uma nova greve agora”, embora Dedeco tenha anunciado a paralisação para o próximo dia 29 — hoje à noite haverá uma reunião com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Censura à imprensa: a escuridão realmente passou? LEIA AQUI

“Estão me ligando, dizendo que estou traindo a categoria. Não estou traindo. Nós estamos na UTI, eu sei. Só que estamos trabalhando junto com o governo, com diálogo. E a gente está vendo que o governo está trabalhando.”

Ainda de acordo com Chorão, “90% da categoria apoiou o governo Bolsonaro” e, por essa razão, ele aposta que os movimentos liderados pela CNTA e por Dedeco não vão vingar.

Comentários

  • Brasil_Melhor -

    Não haverá greve de caminhoneiros. Falhou a tentativa de movimentos de esquerda ao se infiltrar em segmentos menos organizados da categoria para desestabilizar bases de apoio ao governo.

  • Laércio -

    Defeco e Kgão deveriam formar um conjunto sertanojo, para se apresentar nos comícios dos sindicatos no próximo primeiro de maio

  • Marcelo -

    Quando ouço em dedeco e chorão, lembro de waldir e mourão , sabotando o Capitão ! Penso cá com meu botão, Olavo, Sábio, tem sempre razão!

Ler 37 comentários