Eles fingem que se esqueceram de Flordelis

Eles fingem que se esqueceram de Flordelis
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Os deputados estão fingindo que se esqueceram do caso Flordelis.

Hoje completam 137 dias que a deputada federal do PSD do Rio de Janeiro — ela continua no partido de Gilberto Kassab — foi denunciada como mandante do assassinato do próprio marido.

Também completam 99 dias que o corregedor da Câmara, Paulo Bengtson (PTB), apresentou seu parecer pela cassação da colega da bancada evangélica.

O que aconteceu desde então? Nada.

“Na melhor das hipóteses, o caso dela será julgado no Conselho de Ética, se o colegiado estiver funcionando até lá, em março. Eu entreguei meu relatório em 1º de outubro do ano passado, a Mesa aprovou o parecer em 28 de outubro, mas o Conselho de Ética não foi instalado ainda”, disse a O Antagonista o corregedor.

Sem a reativação do Conselho de Ética, Flordelis está livre, leve e solta.

Leia mais: Crusoé mostra a unificação das moedas cubanas e como a medida adotada após 26 anos coloca o Partido Comunista frente a alguns dilemas ideológicos.
Mais notícias
TOPO